Pra que e como ser ambidestro?

by

Um amigo nosso perguntou se era possível forçar/treinar ambidestria depois que leu sobre Os sete hábitos de trabalho de Aluísio Azevedo, outro perguntou sobre o motivo do nosso mouse estar “do outro lado”. Para responder estas perguntas e estimular uma prática que acreditamos ser muito saudável é que analisaremos a teoria prática por trás da ambidestria.

PRA QUE SER AMBIDESTRO

Antes de mais nada, alguns estímulos para desenvolver o lado não dominante

  1. O que diz o espelho. Temos boas chances de acertar quando dizemos que o ombro do seu lado dominante (o direito, sem diminuir muito as chances) é mais baixo. Ser torto não é muito elegante, além disso, ao longo do tempo, forçar preferencialmente um lado do corpo pode machucar a coluna.
  2. Conversar com o outro lado do cérebro. Alguns pacientes cujos hemisférios cerebrais são separados (na verdade, uma pontezinha de neurônios é cortada) em cirurgias relatam terem sensações das quais não conseguem falar sobre. Isto porque, em geral, a atividade dos pensamentos que eles tiveram estar localizada em um lado e o controle motor para a fala se realizar do outro. Sem ter que ouvir nossos amigos estudantes de neurociência reclamar da nossa falta de rigor e incorreção, podemos dizer também que escrever com a mão não dominante gera sensações novas e diferente da de escrever “com a mão certa”. Às vezes é preciso ser mais criativo para se esperssar corretamente e em poucas palavras, principalemente quando treinando a “mão lenta”.
  3. Se o piloto morrer… Eu não gosto desta desculpa para aprender a controlar aviões, mas se por um acaso machucarmos um braço é bom estar preparado para usar o outro.
  4. Auto-otimização de 50%. “Essa minha mão é inútil”, “nunca fiz gol de pé esquerdo”, “cortei um dedinho, não posso fazer prova”. Este tipo de afimações demonstram quão pouco eficientes e robustos a falhas somos com relação a nós mesmos. Para reverter este quadro continuemos a leitura.

COMO SER AMBIDESTRO

Aqui vão algumas hábitos que desenvolvemos e pesquisamos para desenvolver nossas canhotas.

  1. Escolha um objetivo e tenha paciência. Escolher uma meta serve como guia para os exercícios que se seguem e a paciência é para não exigir os mesmos resultados, imediamente, que podemos obter com a destra. Em particular, nosso objetivo é escrever e desenhar com a mão esquerda.
  2. Volte a ser criança. Pegue uma caligrafia infantil, um lápis de ponta resistente e comece a escrever com sua “nova mão”. Um coisa é muito importante, assim como nossas professoras e mães foram pacientes quando aprendemos a escrever pela primeira vez, é importante nos darmos tempo suficiente nesta segunda.
  3. Mude as coisas de lugar. Além do lápis, passe o mouse do seu computador, a escova de dentes, o garfo, o violão e tudo quanto for possível para a mão a ser treinada.
  4. Exercícios concentrados. Na academia sempre nos dizem para fazer os exercícios “concentrados”. Eles se referem a fazer as repetições com calma e aplicando a mesma força com os dois lados do corpo. Isto vai fortacelar os braços e as pernas em equilíbrio, além de realinhar nossos ombros. Esta dica também vale para aquelas flexões e abdominais que fazemos em casa.
  5. Andando como a Gisele. Peguemos dois vídeos da Gisele Bundchen, um do começo da carreira e outra do auge e veremos como o jeito de andar melhorou. No começo ela concetrava a pisada na perna direita e fazia este lado da cintura ir mais alto, era feio. Ambidestria é sobre equilíbrio dos dois lados e, ter atenção à maneira de caminhar e à todas as coisas simples do dia-a-dia, faz toda a diferença. O segredo é treinar para pisar, balançar os braços e o tronco, tudo igualmente.
  6. Malabarismo. Isto é realemente muito divertido e ajuda bastante. Pegue três bolas (servem três limões grandres) e treine primeiro a mão não dominante com apenas uma bola. Depois, com duas bolas e apenas uma mão. Por último, o exercício com duas bolas mas reversando entre as mãos. Para malabarismo com quatro bolas, veja o vídeo.
  7. Exercícios de coordenação motora. Existem também alguns outros exercícios de coordenação motora, além do malabarismo, como escrever com as duas mãos ao mesmo tempo para que uma “ensine” a outra, dançar, jogar video game, em fim, tudo que exija que não nos limitemos a apenas um lado e crie novas conexões em nossos cérebros. Quanto mais coisas nos treinarmos para fazer, melhor o controle que teremos sobre nosso lado não dominante.

Resumindo para um corpo harmônico e ambidestro temos que disciplinar nossa paciencia, treinos, atenção aos detalhes de nossas ações e lembrar que não somos apenas meia pessoa. Da próxima vez que nos perguntarem se somos canhotos ou destros responderesmos, com sinseridade, SIM.

Advertisements

5 Responses to “Pra que e como ser ambidestro?”

  1. 2dex - Diego Rever Says:

    Fantastica Postagem! Valeu mesmo. vou adicionar um link a vc no meu blog ambidestro. Posso?
    Eu adicionaria a ESCOVAÇÃO DENTAL AMBIDESTRA que tenho desenvolvido. http://2dex.blogspot.com/search/label/escova%C3%A7%C3%A3o%20dental
    por favor visitem e me apoiem para patentear e ajudar muita gente a desenvolver ambidestria. A ambidestria ganhada apenas escovando com 2 mãos me tem permitido manter a destreza da mão esquerda para tocar violão, para escrever na loça (sou professor com tendinite no ombro direito por uso excessivo desse lado), melhorar minha memoria e um imenso etc!! (futebol, piano, basquete, malabarismo, bateria…ou simplesmente teclar!)

  2. edersantana Says:

    Diego,

    Pode adicionar o link, se achar útil.
    Bom trabalho com seu método. Achei muito interessante.

  3. Gilmar Says:

    Gilmar…

    […]Pra que e como ser ambidestro? « Theoretical Something’s blog[…]…

  4. Mr. Crowley Says:

    Cool

  5. Sal Says:

    My brother recommended I may like this blog. He was once totally
    right. This post actually made my day. You
    cann’t consider just how a lot time I had spent for this information! Thank you!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s


%d bloggers like this: