Pedrinha miudinha

by

Porque é pequenininho que se nasce, é menor que tudo a primeira célula. Mas a mãe que olha o filho já mais alto que ela sempre diz “quem vê tão grande não diz que já esteve dentro de mim”. É sempre assim, começos pequenos, grandes fins.

E então? Quanto àquela vontade de fazer algo de útil? Aquele ensejo de resolver o mundo? “Há, é muita coisa pra ser feita, jamais vou terminar, é menos perda de tempo se eu parar agora”. Gente! Mãe nenhuma agüenta dar a luz a um filho adulto, então por quais motivos um cérebro iria conseguir parir grandes idéias
do nada? Como que um trabalhador vai resolver o mundo começando pelo que é grande e notável?

Ora ora, se a mente acusa necessidade de fazer algo é porque existe algo para ser feito. E, como um músculo, o intelecto só se fortalece com o treino (de alguns minutinhos no início), com a repetição (só três pra evitar a fadiga), com o esforço (parar antes de dar fome). Parece simples, né? Ir lá estudar um pouquinho por dia, fazer uma caridade que de tão pequena ninguém nota, dizer uma coisinha feliz só pra quebrar um pouco o assunto triste, evitar uma briga indo comer brigadeiro, dedicar alguns minutinhos pra agradecer tudo, discutir querendo testar seu ponto vista e não querendo impor pensamentos, abrindo a mão dedinho por dedinho. Deixa os grandes resultados pra depois, pra outra vida, eles dão trabalho só de pensar, esta é para começar pelas coisas pequenas, escolher uma coisa e ir fazendo devagarinho e bem feito. Pois é, todo grande templo se começa do chão, marcando o lugar onde ele vai ficar com uma pedrinha miudinha.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s


%d bloggers like this: